Uma Bíblia com mais de 1500 anos de idade foi encontrada e revela que Jesus Cristo…

foto pronta

A Bíblia é o conjunto de livros canônicos do judaísmo e do cristianismo. A canonicidade de cada livro varia de acordo com a tradição adotada. Segundo as religiões judaica e cristã, ela transmite a palavra de Deus. Até 2008, ela foi traduzida em 2454 línguas. A Bíblia é uma coleção de textos que originalmente eram documentos separados, escritos primeiro em hebraico, aramaico e grego, por um período muito longo e, em seguida, montados para formar o Antigo Testamento e depois do Novo Testamento

Os textos mais antigos se encontram no Livro dos Juízes e nas denominadas fontes E e J, da Torá, que são datados da época dos dois reinos. O livro completo mais antigo, o de Oséias, também é da mesma época. Se você quer saber o que contém a Bíblia de mais de 1500 anos encontrada, fique com a gente, pois o seu conteúdo vai deixá-lo espantado.

A Bíblias cristãs são constituídas por escritos hebreus, aramaicos e gregos, que foram adotados a partir da Bíblia grega chamada a Septuaginta, e do Tanakh hebreu-aramaico, e, em seguida, foram reagrupados sob o nome de Velho Testamento. Vários grupos cristãos têm debatido longamente sobre a inclusão ou a exclusão de alguns dos livros em ambos os testamentos, surgindo os conceitos de apócrifos e deuterocanônicos para se referirem a alguns textos.

Embora o Antigo Testamento tenha respondido grandes perguntas da humanidade, deixa uma outra série de dúvidas e perguntas sobre alguns temas históricos sem respostas. Esses mistérios perpassaram a imaginação cristã por séculos e deixaram perplexas algumas das maiores mentes da Igreja.

Ninguém tem certeza de onde originalmente encontrava-se o Jardim do Éden, embora pareça haver um consenso geral de que se localizava em alguma parte do Oriente Médio, talvez no atual Iraque. É de se supor que o grande dilúvio dos Gênesis teria acabado com ele, mas, há séculos, o mundo cristão tem uma fé cega na existência do Éden na Terra, oculto para os homens.

A Arca da Aliança é uma das entidades mais enigmáticas de todos os tempos. Ela continha as tábuas dos Dez Mandamentos, alguns manás e a vara de Aarão que floresceu. Na continuação deste artigo, vamos contar sobre a última descoberta que vai mudar a maneira de pensar dos cristãos.

A descoberta de uma Bíblia com mais de 1500 anos de idade, já deu a volta ao mundo, deixando todos muito surpresos. É uma descoberta que tem questionado a verdade de algumas questões religiosas muito importantes. Este tesouro foi encontrado no ano de 2000, mas manteve-se escondido até agora por uma razão muito inquietante.

A Bíblia estava escondida no Museu de Etnografia de Ancara, Turquia. Este documento é escrito em um dialeto do aramaico, precisamente o mesmo que Jesus Cristo falava. Esta Bíblia está encadernada em couro e tem letras de ouro em seu interior.

Com o passar dos anos, este documento não está no melhor estado. Algumas de suas páginas estão danificadas e uma pequena parte delas são praticamente ilegíveis. Esta Bíblia tem um Evangelho de Barnabé, um discípulo de Cristo, que assegura que Jesus não foi crucificado, nem era o filho de Deus, sendo apenas um profeta. Este documento chama Paulo de “O impostor”, nome este que trouxe sérias consequências para o seio da Igreja.

Mas isso não termina aqui: o livro revela que o profeta Jesus anunciou a vinda do profeta Muhammad, fundador do Islã, 700 anos depois. Este documento diz que Jesus subiu ao céus vivo e que Judas Iscariotes foi crucificado em seu lugar.

A autenticidade do livro foi verificada por um grande número de especialistas e autoridades religiosas de Teerã. Todos eles asseguram que o texto encontrado é original. Este achado contradiz os ensinamentos do cristianismo do Novo Testamento, gerando muita controvérsia no mundo. Muitos dizem que, durante o Concílio de Nicéia, a Igreja Católica selecionou os Evangelhos que formam a Bíblia, omitindo o Evangelho de Barnabé.

O  Vaticano está muito preocupado após este achado, já que ele confirma que a Igreja Católica selecionou os Evangelhos que lhe convinha.
Se você gostou deste artigo, compartilhe-o com seus amigos e familiares.

(Via agencia de noticia0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *