Um casamento acabou após o marido analisar com cuidado esta foto de sua mulher

foto-pronta

Divórcio é a dissolução do matrimônio, enquanto que, em um sentido amplo, refere-se ao processo que se destina a terminar uma união conjugal. Em termos legais modernos, o divórcio foi concretizado pela primeira vez no Código Civil francês de 1804, seguindo aqueles que viam o casamento como uma verdadeira união livre e o divórcio como uma necessidade natural. Nesse sentido, o divórcio moderno nasce como uma degeneração de um vínculo do casamento cristão, seguindo a lógica da secularização do mesmo, tendo como base o Direito romano.

O divórcio se diferencia da separação que, dependendo do sistema jurídico de cada país, pode ou não ter alguns efeitos legais. Por exemplo, no Chile, esta situação é uma das causas para solicitar a declaração de divórcio. Em relação à separação judicial, esta sim é legalmente reconhecida em vários sistemas jurídicos, tendo assim um maior número de etapas do que no caso da separação que, diferente do divórcio, não põe fim ao casamento.

Atualmente, apenas a Filipinas e a Cidade do Vaticano não permitem o divórcio em seu sistema legal. Por outro lado, em maio de 2011, Malta votou a favor da inclusão da dissolução conjugal na sua legislação através de um referendo não vinculativo, aprovando-se posteriormente a sua legalização no Parlamento durante o mês de julho, sendo o último país do mundo a legalizá-lo. No Congresso das Filipinas foi iniciado, no final do primeiro semestre de 2011, um debate sobre uma potencial lei para ser incorporada em seu ordenamento jurídico.

A instituição do divórcio é quase tão antiga quanto o casamento, embora muitas culturas não o admitam por questões religiosas, sociais ou económicas. A maioria das civilizações que regulam a instituição do casamento nunca o considerou indissolúvel e sua ruptura era geralmente solicitada por homens. Embora em alguns casos o nascimento de um filho dava ao matrimônio o caráter indissolúvel.

Várias investigações têm se centrado em tentar determinar quais poderiam ser as variáveis causadoras do divórcio, mas não necessariamente se pode presumir que essas seriam as causas diretas para este acontecimento. Entres os fatores, estão: pobreza, desemprego, baixa escolaridade, ter um filho antes do casamento, diferenças raciais, histórico de casamentos anteriores, divórcio na família de origem, entre outros.

Outras investigações indicam que uma das causas potenciais para o aumento das taxas de divórcio tem sido a mudança de papéis dentro do casamento, principalmente associada com a inclusão das mulheres no mercado de trabalho.

Diz a sabedoria oriental que “O movimento das asas de uma borboleta pode mudar o clima em todo o continente”. Isto significa que mesmo o menor detalhe pode mudar radicalmente o curso das coisas e da visão que você tem do mundo como um todo. Neste artigo, vamos contar uma história que tem a ver com isso que discutimos acima. Um simples detalhe pode mudar o rumo das coisas. Quando você ver a imagem, irá entender.

Na primeira imagem que nós exibimos, você pode ver uma garota sentada em sua cama, com uma boa atitude, enquanto sorri para a foto

Esta fotografia foi tirada pelo marido da garota, que havia chegado de uma viagem de negócio com duração de três semanas. Ele apareceu de surpresa em casa para surpreender sua mulher. Mas parece que quem foi surpreendido foi ele, embora a princípio não tenha notado nada de estranho na fotografia, apenas o esposa sentada na cama. Mas esta foto não registrou apenas isto. Você tem que olhar com atenção.

Você viu algo estranho? Bem, não se martirize caso não tenha encontrado, nós vamos te ajudar. Se ampliar a fotografia, você pode encontrar uma pessoa debaixo da cama, no canto inferior direito. Depois de ver isto, o marido pediu o divórcio a esta garota. Se você gostou deste artigo, o compartilhe com seus amigos e familiares.

foto-pronta

(Via agencia de noticia)

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *