Pais percebem que filho nasce “SEM” cérebro . Ao pegá-lo nos braços ,notam algo que ninguém viu antes!

foto-pronta

Você já ouviu falar em microidranencefalia? Essa palavra complicada representa um grave problema que vem acompanhando o pequeno Jason Buell, de apenas 2 anos, desde o seu nascimento.

A história que envolve o menino é simplesmente impressionante e vem deixando médicos de todo o mundo chocados. Ele nasceu com uma séria malformação erebral que o deixou sem 80% de seu cérebro.

E sua trajetória até aqui é impressionante. Apesar da pouca idade, cada dia representa um novo desafio. Nenhum médico seria capaz de afirmar que, com a extremidade de seu problema, Jason teria chegado tão longe.

A situação do menino é, no mínimo curiosa. Para se ter uma ideia, não há especialista que consiga fazer prognósticos. Em outras palavras, ninguém sabe o que o amanhã reserva a Jason.

Os pais, Brandon e Brittany Buel contam que sempre que era feita alguma previsão, nenhuma delas dizia que a criança chegaria aos 2 anos. A vontade de viver e a superação do garotinho vem surpreendendo a todos!

Eles também ressaltam o quanto Jason é feliz. A criança é muito alegre e sorri praticamente o tempo todo. Contudo, existe uma preocupação, que são as diárias convulsões que o menino costuma sofrer.

Brittany fala que não é fácil conviver com as incertezas, mas enquanto os médicos não chegam a um diagnóstico preciso sobre a condição do filho, o melhor a fazer e seguir normalmente com a rotina. Houve uma fase na qual as convulsões aumentaram, mas assim que foram controladas, Jason voltou a ser o menino sorridente de sempre.

O tempo também é um desafio. Conforme o garoto vai crescendo, os cuidados e a medicação aplicada precisam ser mais intensificados. E a mãe fala orgulhosa de como o seu garotinho vem se desenvolvendo conforme vai crescendo. Ele está mais móvel, mais expressivo, já é capaz de reconhecer o próprio nome e compreender algumas coisas que ouve.

E essas pequenas coisas que tornam sua história ainda mais incrível, afinal, o menino conta com apenas 20% de seu cérebro. O que parece simples para qualquer outra criança, para Jason é uma enorme vitória. E são as vitórias que cada vez mais traçam a sua preciosa jornada.

A microidranencefalia é uma versão mais complicada da microcefalia, o defeito congênito ligado ao Zika vírus. Nos casos mais comuns da microcefalia, o cérebro também se desenvolve em escala menor, mas se apresenta de forma mais intacta. O caso de Jason é mais extremo, o que faz com que realmente seja muito impressionante a sua capacidade de se desenvolver.

A falta de respostas, talvez, seja a maior dor pela qual Brandon e Brittany passam. Eles sabem que cada dia é uma milagre na vida de Jason.

Mas enquanto estiverem dispostos a fazer o melhor por seu filho, não haverão obstáculos que o garotinho não poderá superar. Limitações estarão em seu caminho, inevitável, mas a sua alegria e vontade de lutar já fazem do pequeno menino um grande vencedor.

(Via agencia de noticia)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *