Mulher tira a roupa e fica nua dentro de ônibus!

foto-pronta

O passageiro de um ônibus gravou e publicou um vídeo de um registro no mínimo constrangedor. Ao voltar para casa, no ônibus que costuma pegar depois do trabalho, ele e mais algumas dezenas de passageiros foram surpreendidos quando uma mulher, que estava dentro do ônibus, se levantou e simplesmente começou a tirar a roupa. O flagrante foi registrado na cidade de Baltimore, que fica no estado de Maryland, nos Estados Unidos.

O homem imediatamente ligou a câmera e começou a filmar. No vídeo é possível perceber que a mulher tirou primeiro o short e começou a rebolar e sensualizar em direção aos passageiros. Em seguida, ela tira a calcinha e continua fazendo seu “show”, enquanto os homens e mulheres começam a reclamar e pedir que ela pare, mas ela simplesmente os ignora e continua. A mulher ameaçou tirar a blusa para ficar completamente sem roupas dentro do ônibus em movimento.

Então, as pessoas começam a ameaçar chamar a polícia caso ela não parasse e a mulher, que ainda não teve sua identidade revelada, diz que essa é a nova moda, andar pelado, e que  ninguém a pode impedir. Questionada se estaria drogada, a mulher diz que sim e continua a ameaçar tirar a blusa.

oda a ação da mulher dentro do ônibus lotado foi filmada e fotografada e as imagens acabaram parando nas redes sociais. Não se sabe também se a mulher foi detida, no entanto, tirar a roupa em público se configura como crime de perturbação à ordem pública, atentado violento ao pudor e vadiagem. Se for detida, a mulher poderá responder por esses crimes.

No Brasil

Um caso parecido aconteceu no Brasil durante o carnaval deste ano, quando uma modelo que estava desfilando pela escola de samba Unidos Do Peruche decidiu tirar a roupa em frente ao sambódromo. A modelo Ju Isen decidiu tirar a roupa em protesto ao fato de ter sido impedida de usar um tapa sexo com a imagem da presidente Dilma.

O mais chocante, é que a modelo foi expulsa e empurrada por um segurança da escola de samba para fora do sambódromo. Horas depois, o presidente da escola de samba se pronunciou sobre o caso e disse discordar do protesto da modelo.

(Via agencia de noticia)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *