Menino indiano fica cego após seus olhos sangrarem e saltarem da órbita!

foto pronta

Sagar Dorji, quatro anos, de Lakhimpur, nordeste de Assam, na Índia, perdeu a visão devido a uma condição misteriosa desenvolvida recentemente que faz com que seus olhos sangrem e saltem para fora da órbita ocular.

No momento, ele está sendo tratado em um hospital público, mas seus pais não têm dinheiro suficiente para arcar com outros cuidados. Por essa razão, a mãe fez um apelo no Facebook pedindo ajuda financeira para pagar os exames médicos necessários.

Segundo Kusum, mãe de Sagar, o problema começou há apenas três meses. “Seus olhos ficaram inchados e pareciam vermelhos – então eles começaram a sair da órbita ocular e a sangrar”, disse. Ao contrário dos outros casos de sangramento de olhos e ouvidos, o sangue forma um coágulo por trás dos olhos do menino e acaba secando por ali.

foto pronta

foto pronta

Os médicos pretendem realizar testes laboratoriais para determinar a causa, mas os pais ainda não podem pagar pelos procedimentos. A condição, no entanto, tem suscitado grande interesse da comunidade médica de Guwahati, maior cidade de Assam, e os médicos já estariam tratando o caso como uma forma de câncer raríssima ou uma doença completamente nova.

Até o momento, os pais afirmaram não haver melhora no filho, e estão insatisfeitos com o tratamento local. Contudo, ainda não conseguem custear um tratamento melhor em uma cidade maior – como Mumbai e Nova Deli.

Os vizinhos da família estão ajudando na arrecadação de dinheiro. Um ativista social, Biwasjit Barman, quer ajudar a família e agora trabalha na tentativa de angariar fundos entre amigos e familiares. Ele chegou a pedir ajuda ao Governo para intervir antes que fosse tarde demais. “Eu também sou pai, e posso sentir o que o pai de Sagar deve estar passando”, disse.

foto pronta

A mãe, no entanto, fez um apelo emocionado no Facebook em busca de ajuda financeira: “Faço um apelo a todas as pessoas de bom coração para que me ajudem a salvar meu filho. Quaisquer outros pais serão capazes de sentir a minha dor. Ajudem a salvar meu filho contribuindo com tudo o que puderem. Quem não puder, por favor, ore por ele”, escreveu.

(Via agencia de noticia)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *