Mãe é presa após se fotografar abusando do filho de cinco anos

Saúde vida e família, trazendo noticia para você!!!

Uma mãe de 19 anos foi presa pela polícia após se fotografar e divulgar fotos praticando s* com filho de apenas cinco anos. A mãe irá responder por Abuso Sexual e pornografia infantil.

Segundo o site de notícias “Michigan Live”, o fato havia acontecido em uma cidade pequena dos Estados Unidos, Muskegon Township, no domingo (05). Segundo a polícia, o caso foi denunciado por um conhecido da garota. Ele relata que após tomar conhecimento das imagens divulgadas, ficou extremamente indignando e prestou queixa na polícia para serem aplicadas todas as medidas necessárias.

A jovem admitiu o crime contra o filho de 5 anos e declarou ter realizado as fotos logo após receber uma recomendação de Nathan Eric Osborne. O homem de 32 anos acusado pela jovem também foi indiciado e preso pela polícia. O auxiliar da promotoria que está analisando o caso, Timothy Maat, relatou que Eric já estava respondendo por seduzir, persuadir, e induzir pessoas para produzir materiais sexualmente abusivos. O criminoso foi acusado conjuntamente por posse e distribuição de pornografia infantil.

 A mãe da vítima responsável por divulgar as fotos contra a criança teve a guarda suspensa. De acordo com as leis do país onde Jazmine mora, se ela for considerada culpada das acusações, poderá ser submetida à prisão perpétua, enquanto Nathan poderá se submeter a até 20 anos de prisão.

Depois do fato ocorrido com essa criança, nos perguntamos como essa jovem pode abusar sexualmente do seu próprio filho, fotografar e divulgar as fotos por uma proposta.

Esperamos que após o caso ser encerrado sejam tomadas todas as medidas cabíveis ao fato e que a justiça seja feita. O mundo é repleto de mães negligentes, abusivas e que não sentem amor por seus filhos. Ser mãe é não agredir seus filhos fisicamente, psicologicamente ou moralmente; ser mãe é ter responsabilidade, é dar carinho, proteção, segurança e dar o máximo de si para o filho, sem aguardar nada em troca. No caso dessa garota, não podemos dizer que ela foi uma verdadeira mãe.

(via agencia de noticias)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *