Lula processa delegado da Lava Jato. Juiz Sérgio Moro reage

Saúde Vida e Família ,Trazendo Noticias Para Você

Em julho, Lula foi indiciado pela Polícia Federal e se tornou alvo de pelo menos quatro inquéritos da Lava Jato em Curitiba. Depois disso, sua defesa moveu ação de indenização contra o delegado Filipe Hille Pace, e cobra R$ 100 mil por danos morais. O juiz Sérgio Moro reagiu e deferiu acesso à Advocacia-Geral da União, em despacho desta quinta-feira, 8, para que ela defenda a Polícia Federal em ação movida pelo ex-presidente contra a equipe de investigações do caso Petrobras.  Ele se manifestou:

“Lamentável que autoridades públicas, no exercício de seu dever legal, fiquem sujeitas a retaliações por parte de investigados ou acusados que confundem o exercício do dever funcional com ilícitos.”

O petista pede reparação pela associação de seu nome ao “Amigo”, identificado nas planilhas de propinas da Odebrecht.

No despacho, o juiz da Lava Jato informa que a autoridade policial comunicou o juízo que Lula, por meio de seus advogados de defesa, moveram ação de indenização contra um delegado “em decorrência de atos praticados no exercício de sua função”. A ação nº 1027158-14.2016.8.26.0564 tramita na 5ª Vara Cível, em São Bernardo do Campo (SP).

A AGU, que assumiu a defesa da equipe da Lava Jato, pediu acesso a dois procedimentos criminais sob a guarda de Moro.

“O interesse público reclama o deferimento do requerido para que a defesa da autoridade policial não fique prejudica, já que a demanda não é apenas contra ela, mas também contra o serviço policial federal”, registra Moro, em seu despacho, em que deferiu acesso à AGU, aos autos.

No momento, o próprio Moro é alvo de uma ação movida pela defesa de Lula por abuso de autoridade.

(Via Agencia De Noticias)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *