Homem salva cervo ferido que havia sido atropelado. E se emociona ao ver o quanto ele luta para viver

foto-pronta

Todos nós sabemos que a humanidade está longe de ser perfeita. São tantas coisas ruins que acontecem, que há quem já esteja conformado em apenas lidar com elas e aceitá-las, além de combatê-las. É uma chama próxima de se apagar.

Mas apesar de tudo, há quem nos faça acreditar no bem, há quem mantenha nossa esperança viva. Existem anjos que vivem entre nós, e um deles se chama Simon Cowell, fundador da ‘Wildlife Aid Foundation’ (‘Fundação de Ajuda para a Natureza’).

O vídeo que você está prestes a ver traz uma história de forte emoção, após Simon ter sido contatado para resgatar um pequeno cervo que foi atropelado no meio da estrada.

Mesmo trabalhando há muitos anos com o resgate de animais, cada história, cada ser é único. Quando ele encontrou o cervo, o mamífero estava ferido e sangrando. E tomou todas as precauções para acalmá-lo e ganhar sua confiança para poder levá-lo até o carro.

Chegando na fundação, todos os veterinários se mobilizaram para, junto com Simon, tratarem do cervo da melhor forma possível. Mas as coisas não seriam nada fáceis.

As feridas logo foram estancadas e o cervo estava pronto para ser devolvido à seu habitat na natureza. Contudo, ele sentia dores e parecia muito fraco. Ele não demonstrava conseguir lutar pro sua vida.

Foi necessário um auxílio muito grande de Simon para que o animalzinho conseguisse sequer ficar de pé, mas logo ele desabava novamente.

Porém, em nenhum momento o rapaz pensou em desistir do cervo, e fez o que você verá abaixo no vídeo, que mostra desde o momento do encontro dos dois até o momento do adeus. É muito emocionante.

Mesmo Simon, com todos os anos de experiência cuidando de animais, não foi capaz de segurar as lágrimas ao ver o pequeno cervo tentando lutar por sua vida.

A emoção de Simon mostra bem a importância de seu nobre trabalho. Os animais são como amigos e ele estará disposto a ajudá-los de todas as formas. Assim, ele mostra que os anjos existem e se apresentam como humanos.

 (Via agencia de noticia)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *