Homem é obrigado a amputar o “p” depois de usar uma garrafa como brinquedo sexual

foto-pronta

Um homem de 50 anos, natural das Honduras, ficou com o seu pênis entalado numa garrafa de plástico que estava sendo utilizada como brinquedo sexual. Quando se deslocou para o#Hospital para receber ajuda médica, ele percebeu imediatamente que o seu pênis teria de ser amputado.

O hondurenho só perdeu a vergonha para pedir ajuda médica ao fim de 4 dias e, por isso, o seu pênis teve de ser amputado porque já se encontrava muito negro. De acordo com o urologista que comandou a operação, Dennis Chirinos, o pênis já estava completamente morto quando o homem decidiu ir pedir ajuda médica para resolver a sua situação.

De acordo com as informações recolhidas pelo Mail Online, este homem não tinha nenhuma parceira que lhe proporcionasse prazer sexual e que, por esse mesmo motivo, ele próprio tentou usar uma garrafa de plástico para conseguir receber o prazer sexual que tanto desejava. Ao colocar o seu pênis no interior da garrafa, o seu órgão acabou por morrer entalado no “brinquedo sexual”.

Este urologista responsável pela operação foi posteriormente entrevistado pela comunicação social onde afirmou que este caso era “estranho” e “insólito”, mas que já tinha conhecimento de muitos outros casos idênticos que acabaram em lesões graves provocadas pelo uso indevido de objetos ou brinquedos sexuais.

Cada vez mais surgem casos idênticos a este onde as pessoas procuram receber o prazer sexual que desejam utilizando objetos ou brinquedos sexuais de forma inadequada que, muitas vezes, trazem complicações futuras como aconteceu a este homem natural das Honduras. Outro caso que também foi muito comentado nas redes sociais ocorreu no início deste mês quando uma professora de 24 anos foi parar ao hospital depois de uma brincadeira com um vibrador durante a relação sexual que tinha com o seu namorado de 29 anos. Esta professora ficou com o brinquedo sexual alojado no seu canal anal e, por isso, teve de ser submetida a uma operação de urgência que permitiu retirar o vibrador do interior do corpo da jovem.

(Via agencia de noticia)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *