Este pai está morto ao lado de seus filhos. O que sua mulher faz em seguida é inacreditável.

Eva Holland é uma jovem de 26 anos, moradora de Cincinnati, nos Estados Unidos. Ela conheceu o amor da sua vida bem cedo, com apenas 15 anos. Porém, um dia ele tomou um comprimido, e a vida de ambos mudou para sempre.

foto-pronta

Eva Holland é uma jovem de 26 anos, moradora de Cincinnati, nos Estados Unidos. Ela conheceu o amor da sua vida bem cedo, com apenas 15 anos. Porém, um dia ele tomou um comprimido, e a vida de ambos mudou para sempre.

Eva conheceu seu futuro marido, Mike Settles, ainda na escola. Ele era divertido e bonito, e os dois se apaixonaram perdidamente.

Quando ambos completaram 18 anos, eles decidiram se casar. Logo depois, Eva e Mike tiveram dois filhos, Lucas e Ava. Mike é apaixonado pelas suas crianças e ama a sua esposa acima de tudo.

Mas Mike tem um segredo. Tudo começa de forma inofensiva e casual. Um dia ele acorda com uma dor de dente terrível. Após sofrer por alguns dias, Mike decide tomar um analgésico. Entretanto, este uso esporádico logo se transforma em hábito: ele começa a ingerir um comprimido após o outro, mesmo para incômodos pequenos e insignificantes. O próximo passo: o vício. Porém, a situação piora ainda mais, já que Mike abandona os remédios e acaba tornando-se dependente de heroína.

Ele tenta desesperadamente se livrar do vício e consegue ficar alguns meses afastado das drogas. Porém, Mike tem uma nova dor de dente. Com os analgésicos, o ciclo retorna. Ele diz para sua mulher que tudo está sob controle, mas sua dependência volta com força total. Infelizmente, desta vez Mike paga um preço alto. Ao chegar um dia em casa, Eva encontra o corpo dele sem vida.

Poucos dias depois, Eva coloca no seu Facebook uma foto dela e dos filhos sorrindo ao lado do caixão de Mike. Eles estão arrasados por dentro, mas Eva acredita que esta imagem controversa tem um propósito importante: mostrar a realidade da toxicomania. “A verdade nua e crua é que heroína mata,” diz Eva.

Como a foto gerou muita polêmica, Eva escreveu a seguinte mensagem:

“Eu sei que esta foto incomoda muita gente. Mas o motivo que me levou a fazer este registro é mostrar a realidade do vício. Se você não escolher e decidir todos os dias que quer parar, este será seu destino certo. Nenhum pai ou mãe deveria ter que enterrar seu filho, e nenhuma criança pequena deveria ter que enterrar um de seus pais. Isso poderia ter sido evitado, não tinha que ter acontecido, mas uma escolha errada destruiu a família dele. Eu sei que muitas pessoas poderão ficar chateadas por eu estar espalhando isso por aí, mas esconder os fatos apenas fará com que essa epidemia siga se alastrando.”

“A verdade nua e crua é que heroína mata. Você pode até achar que nunca vai acontecer com você, mas certamente Mike pensou a mesma coisa. Nós estivemos juntos por 11 anos. Eu o conheci antes deste pesadelo começar. Eu sabia o que ele desejava para sua vida, eu conhecia seus sonhos e esperanças. Ele nunca teria imaginado que sua existência tomaria este rumo. Mike era tão alegre e tão cheio de vida. Ele era um ótimo filho, irmão, amigo, e acima de tudo, ele era um ótimo pai. Mike amava suas crianças mais que qualquer coisa. Porém, como todos nós sabemos, às vezes a vida é dura, e a gente acaba fazendo algumas escolhas erradas.”

“Seu vício começou com analgésicos, e parou na heroína. Ele nos amava tanto que decidiu mudar, concordando em se internar em uma clínica de reabilitação no fim do ano passado. Ele saiu de lá pouco antes do Natal parecendo um novo homem. Durante o tratamento, Mike encontrou outra vez uma razão para viver, ele recuperou seu lindo sorriso, e voltou a ser o filho, o irmão, e o pai que nós tanto precisávamos. Tudo seguiu muito bem por um bom tempo. Porém, alguns meses atrás, tudo começou novamente por causa de um único comprimido que ele tomou para “dor de dente”. Este erro o levou ladeira abaixo na estrada do vício, tirando Mike da rota de recuperação.

Ele disse que sairia dessa, e afirmou que faria isso por conta própria, sem precisar outra vez de ajuda. O destino provou que ele estava muito errado, e na última quarta ele deu seu último suspiro. O pai dos meus filhos, o homem que eu amei desde que era uma menina, o filho maravilhoso, uma pessoa incrível, perdeu esta batalha. Eu preciso compartilhar a sua história na esperança de que essas palavras acabem ajudando alguém.”

E elas ajudaram. Dias depois, Eva contou no Facebook: “Uma mulher veio até mim chorando e perguntou se podia me abraçar. Ela disse: ‘Eu sou viciada em heroína e tentei me matar ontem com uma overdose, mas eu li suas palavras e elas salvaram a minha vida. Eu não tenho como te agradecer!’ Então nós nos abraçamos longamente. Isso é exatamente o que eu espero que a história do meu marido faça: ajude pessoas.”

Os comentários dos usuários do Facebook são geralmente positivos, e o post que Eva escreveu já foi compartilhado mais de 300 mil vezes. Muitos viciados também escreveram comentários encorajadores. Compartilhe este artigo com todos que você conhece. Esta história é um verdadeiro exemplo, e ela pode salvar vidas ao seu redor.

(Via agencia de noticia)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *