Este homem estava fazendo carinho em seu cachorro quando notou algo que fez seu sangue gelar.

foto pronta

Bella, uma labradora marron, e Robert Kugler, um veterano dos Fuzileiros Navais do Nebraska, EUA, têm sido amigos inseparáveis desde que ele pegou a cachorrinha quando ela ainda era um filhote, há nove anos. Em maio de 2015, Robert notou alguns problemas com a pata esquerda de Bella, e após levá-la ao veterinário, ficou chocado ao ouvir a notícia de que sua melhor amiga estava com câncer nos ossos.

Os médicos não quiseram dar a ele muitas esperanças. Robert teria que pôr um fim à vida de Bella imediatamente, ou a perna dela teria que ser amputada o mais rápido possível. Ele escolheu pela amputação, e quando a cadelinha acordou da anestesia, ela havia se tornado um cão de três patas. Mas, para o desespero de Robert, o câncer havia se espalhado para os pulmões dela. O veterinário disse a ele que ela sobreviveria por mais três a seis meses. Robert colocou na cabeça que iria arrumas as malas e sair em uma longa viagem. Ele e Bella iam colocar o pé na estrada juntos pelos Estados Unidos para que pudessem aproveitar os últimos momentos que tinham juntos da maneira mais intensa possível. “Eu não queria chegar em casa um dia e encontrá-la morta.”, explicou Robert.

A dupla dinâmica passa a noite no carro de Robert ou dormindo na casa de amigos ou conhecidos. Robert está documentando toda a viagem nas redes sociais. Muitas pessoas estão seguindo a aventura deles com entusiasmo, oferecendo estadia e os encorajando a não desistirem.

Nos últimos anos, Robert teve que passar pelo trauma de perder seus dois irmãos e está usando a viagem para curar suas próprias feridas emocionais: “Quando você vê como a vida de uma pessoa acaba antes desta pessoa ter podido fazer o que ela sempre sonhou, isso muda a sua perspectiva de vida. Eu sinto que a viagem que estou fazendo com a minha cachorra é exatamente o que eu devo fazer agora na minha vida.” Os dois amigos inseparáveis estão atualmente na Flórida e planejam visitar os Parques Nacionais, Yellowstone e Yosemite.

E Bella? “Ela está indo muito bem no momento!”, diz Robert com orgulho. Mesmo que a jornada deles tenha o fantasma da doença de Bella, ela está passando suas horas preciosas ao lado de seu melhor amigo. Existe jeito melhor de passar seus últimos momentos na Terra?

(Via agencia de noticia)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *