Esta mulher posta ISSO no Facebook. 8 horas depois, ela perde 104 amigos. A mensagem é muito importante!

No dia de seu aniversário de 32 anos, a australiana Beth Whaanga recebe uma notícia que faz seu mundo cair

f0t0-pronta

No dia de seu aniversário de 32 anos, a australiana Beth Whaanga recebe uma notícia que faz seu mundo cair: esta mãe de 4 filhos é diagnosticada com câncer de mama. Ela é portadora de anomalias no gene BRCA2, cuja presença no corpo promove o crescimento de tumores nos seios e ovários. Para salvar sua vida, os médicos removem suas mamas e útero.

Mas a jovem mulher não deseja esconder suas cicatrizes: ela acredita que as marcas são bem vindas, já que salvaram sua vida. Junto com uma amiga, a fotógrafa Nadia Masot, ela começa o projeto intitulado “Por baixo do vestido vermelho”. No dia marcado, Nadia tira fotos de Beth completamente nua, exibindo orgulhosa o resultado de sua batalha contra o câncer. “Todos os dias nós cruzamos com diversas pessoas pelas ruas. Elas parecem normais. Entretanto, às vezes os seus corpos contam uma outra história por baixo das roupas,” diz Beth. “Nós queremos mostrar que esta doença terrível afeta todo mundo.”

Beth posta os retratos no seu Facebook, mas não sem antes advertir seus amigos. “Estas imagens são controversas e contêm cenas de nudismo,” ela avisa. “As fotos não tem a intenção de ser sensuais. A ideia deste projeto é promover a discussão sobre o câncer de mama. Se você achar estas fotos ofensivas, então, por favor, as bloqueie do seu Feed de notícias.”

Como resultado, Beth recebe dezenas de mensagens. Muitos a parabenizam pelo ato de coragem, mas 103 pessoas a bloqueiam e a tiram da lista de amigos assim que as fotos são publicadas. Um destes usuários revoltados escreve: “Eu não quero ter que ver estas imagens em um website onde nós não podemos decidir antes se queremos ou não vê-las. Foi isso que aconteceu comigo. E esta mesma situação pode também acontecer com crianças que usam o Facebook!”

Apesar da polêmica, a fotógrafa Nadia Masot segue apoiando 100% a campanha planejada por sua amiga. “Espero que as pessoas que disseram que estas fotos ‘não tem nada a ver’ com elas, sejam as pessoas que, por causa destas imagens, tenham um pouco mais de conhecimento do problema quando eventualmente se confrontarem com o câncer. É triste que elas tenham decidido ficar zangadas ao invés de assimilarem a mensagem,” diz a profissional. “Ignorância nunca é a escolha correta.”

Amputação de ambas as mamas. Reconstrução dos seios. Reconstrução do umbigo. Retirada do útero. Perda de peso. Perda continua de cabelo. Cada item listado na foto acima mostra um dos desafios que Beth teve que superar. “Após a cirurgia eu senti que viveria por mais tempo; e não só por mim, mas também pela minha família. E isso é o melhor de tudo,” conta a corajosa mãe.

Neste meio tempo, outras mulheres vítimas de câncer resolveram aderir à campanha e foram também fotografas por Nadia.

O objetivo de todas é um só: encorajar as pessoas afetadas pelo mesmo problema e gerar uma discussão sobre o câncer de mama e suas possibilidades de tratamento. Compartilhe este artigo com seus amigos e ajude a divulgar esta importante iniciativa!

(Via agencia de noticia)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *