Esta garota tem a garganta aberta no hospital porque seu pai a deixa por 2 horas.

foto-pronta

Uma mãe desesperada postou essa foto da sua filha na Internet. Normalmente, esse tipo de situação é algo privado e que não diz respeito a mais ninguém além da família, mas nesse caso ela quis que o maior número possível de pessoas descubra o quão longe isso pode chegar. E o que ela tem a dizer me deixou em estado de choque.

Atenção, pais:

É assim que 2 cervejas, 2 doses de Captain Morgan, 2 doses de “apple pie moonshine”, 2 doses de uísque e um punhado de blueberries ensopadas em álcool deixam uma adolescente de 16 anos.

Minha filha e sua prima decidiram dar uma festa na noite passada, enquanto elas estavam sozinhas em casa por 2 horas na casa do pai dela. Elas “assaltaram” o armário de bebidas, e quando meu ex-marido chegou em casa, encontrou as garotas bêbadas e nossa filha inconsciente. Ele correu para o hospital em Wyoming e Court e nós nos encontramos lá.

Quando eu cheguei, corri para a emergência e lá estava minha filha, deitada numa maca. Ela estava coberta de cobertores aquecidos para combater a hipotermia – a temperatura do corpo dela era de 35°C. Ela estava cheia de tubos para receber fluidos vitais. Um dos tubos na garganta dela ia direto ao estômago para drenar líquidos de lá.

Foram necessárias 3 tentativas da equipe de emergência para entubá-la e eles tiveram que abrir sua garganta durante o processo. Eles precisaram fazer isso para que a máquina de respiração artificial pudesse ajudá-la. Ela passou 13 horas respirando assim, já que não podia fazê-lo por conta própria. Por volta da meia-noite ela foi levada de ambulância às pressas para outro hospital.

Os sintomas estavam sendo causados pelo nível de álcool no sangue dela, 5 vezes maior que o limite legal. Alto o bastante para matar um homem adulto.

Os médicos deixaram bem claro pra gente que se o pai dela não a tivesse encontrado no momento em que encontrou, ela sem dúvidas teria morrido em casa naquela noite. Graças a Deus não vamos ter que enterrar nossa filha esta semana. Mas apenas porque somos extremamente abençoados. E extremamente sortudos.

Eu espero que minha filha e minha sobrinha entendam quanta sorte elas têm. Eu espero que elas tenham aprendido uma lição valiosa com tudo isso. E eu espero que essa experiência ajude a prevenir que outra criança perca sua vida para o álcool.

Pais: 2 horas! Elas ficaram sozinhas apenas por 2 horas!

Crianças: 2 cervejas e 6 doses foi tudo o que foi preciso para quase matar esta menina.

Por favor, compartilhe isso. Ajude a fazer com que mais pessoas saibam do perigo do envenenamento por álcool e da bebedeira de adolescentes. Eu nunca imaginei que pudesse um dia estar em uma situação como essa. Nem Taylor. Talvez nós devêssemos ter imaginado.”

Não há nada para acrescentar às palavras dessa mãe. Compartilhe essa comovente história com o maior número de pessoas possível.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *