Esta garota faleceu de repente na praia, então sua mãe se deu conta de algo… Muito cuidado para que não aconteça com você!

foto pronta

Tem lugar melhor para passar as férias de verão do que na praia? Só ver o mar ao fundo quando você está chegando ao seu destino já dá uma sensação de felicidade no seu corpo. Afinal, em que lugar você se sente melhor do que na praia? Com certeza, em pouquíssimos lugares; na praia você pode nadar, praticar vários esportes, fazer castelinhos de areia, jogar cartas… Tem um número enorme de atividades para realizar lá.

Muita gente não entra em acordo sobre onde se encontram as melhores praias do mundo. Há pessoas que se encantam pelas praias da Riviera Maia, no México; as paisagens lá são dignas de serem vistas e admiradas. Nem falemos das ilhas paradisíacas do Oceano Índico e do Pacífico; se você for para alguma delas, vai se sentir em outro mundo mais tranquilo e onde só se pode ser feliz.]

No artigo de hoje, nem tudo é tão feliz. O falecimento de alguém não é algo com que se possa alegrar, menos ainda se é uma pessoa jovem com toda a vida pela frente. Tendo dito isso, vamos conhecer essa história; seu final trágico está ligado a um erro que ela cometeu nesse dia. Como aconteceu essa história? Avance para saber o que aconteceu…

Todos conhecemos maus costumes que não devem ser feitos na praia, o mais importante é não entrar no mar se tem uma bandeira vermelha. Muita gente não liga para isso e entra no mar, seja para surfar melhores ondas, ou simplesmente para descarregar adrenalina. Só por ignorar as indicações dos salva-vidas, muita gente já faleceu, e isso é bem triste, já que é tão fácil de evitar.

Além disso, as pessoas que não sabem nadar não deveriam entrar no mar. Dar passeios pelo litoral é muito bom, já que não é nada perigoso e, além disso, você faz um pouco de exercício, mas se enfiar na água sem saber nadar é muito perigoso. Existem cursos para aprender a nadar que são ministrados em piscinas. Mesmo que você seja um adulto, não tenha vergonha de fazer aulas, muitos adultos não sabem nadar.

Pois bem, o acidente de hoje não tem nada a ver com esses dois maus hábitos, mas com um outro menos conhecido, mas que milhões de pessoas fazem todos os dias. Todos nós sabemos como é perigoso, mas continuamos fazendo. E ele fez com que uma jovem perdesse a vida em uma praia. Mas o que aconteceu de fato? Realmente, é perigoso…

Muita gente consome bebidas com cafeína diariamente, seja um café, um suco ou um energético. Essas bebidas não são boas para a saúde, e deveriam até ser proibidas. Mas proibir é impossível, elas estão em todo lugar e as empresas poderosas que as fabricam não vão simplesmente fazer sumir porque sim. Até mesmo em jejum, as pessoas as tomam sem controle, e isso é muito ruim para a saúde. O caso de hoje vai fazer com que você aprenda isso da forma mais dura.

A garota protagonista deste artigo se chama Lanna Hamann. Lanna, de 16 anos de idade, estava passando as férias no México com amigas. Até aqui, tudo normal, faziam tudo o que jovens garotas fazem, iam a baladas, jogavam vôlei em uma quadra do bairro, comiam em restaurantes, faziam compras e iam à praia se banhar e tomar sol.

No começo, todas estavam se divertindo muito na praia, jogando cartas e se refrescando no mar. Porém, Lanna começou a se sentir mal por alguma razão e comentou isso com suas amigas. Não deram muita importância até ela piorar, então avisaram o pai de uma delas. O que estava prestes a acontecer as marcaria pelo resto da vida…

Depois de alguns momentos de tensão em que Lanna parecia se recuperar, ela desfaleceu na areia. Ela havia sofrido um infarto do miocárdio que foi fatal e morreu na hora. Suas amigas não podiam acreditar, chamaram um médico, mas quando a ambulância chegou, o médico pôde apenas atestar sua morte. Depois desse dia, nenhuma delas voltou a ser a mesma. Ela tinha apenas 16 anos, toda a vida pela frente…

O que provocou esse infarto? Foi o consumo de energético. Ela havia consumido latas dessas bebidas sem parar, ao invés de água, que é o que se recomenda. Uma bebida energética equivale a 4 xícaras de café em termos de cafeína, e o corpo não consegue suportar isso. Uma bebida dessas de tempos em tempos, tudo bem, no caso de você precisar realizar um esforço físico intenso; 6 latas é demais.

Com certeza, depois de ler a história de Lanna, você vai repensar muitas coisas na sua vida. É possível que você seja um amante das bebidas energéticas e as considere vitais nos seus drinks, mas te damos um conselho: cada vez que você abrir uma lata de uma bebida desse tipo, lembre-se de Lanna e do que aconteceu a ela.

(Via agencia de noticia)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *