Essa mulher estava assistindo TV quando notou algo terrível no apresentador. Ela escreveu um e-mail imediatamente.

foto-pronta

Os reality shows já estão por aí há algum tempo; desde “No Limite” até “Master Chef”, esses programas são alguns dos mais assistidos da televisão da atualidade. Mas algo muito louco aconteceu recentemente fora das câmeras para um dos apresentadores do programa “Flip or Flop”, da HGTV, nos Estados Unidos. O programa segue Tarek e Christina El Moussa (que eram agentes imobiliários antes da crise econômica americana em 2008) enquanto eles renovam e revendem casas da Califórnia (o que lá é conhecido como “flipping), além de mostrar um pouco da vida privada dos apresentadores.

Os dois são bem animados no programa, mas a vida nem sempre foi um mar de rosas para eles. Em 2013, uma enfermeira estava assistindo o programa quando notou um caroço suspeito na garganta de Tarek.

Ela imediatamente enviou um e-mail para a produção do programa, sugerindo que Tarek fosse a um médico com urgência. Ele acabou indo para o hospital, felizmente: ele tinha um câncer na tireóide em estágio 2 (de 4). Tarek finalmente ligou os pontos com os estranhos sintomas que ele vinha tendo há um tempo, como tosse e dor de garganta. Ele sempre atribuía a tosse ao seu hábito de fumar muito.

Tarek, Christina e a filha deles ficaram com medo do apresentador não resistir aos tratamentos. Ele passou por uma cirurgia de emergência para remover a tireóide e os linfonodos em volta dela. Ele também precisou fazer tratamento com radiação. Todos os tratamentos dele tiveram sérias consequências para essa jovem família: Tarek foi informado de que depois disso ele não poderia mais ter filhos, então eles decidiram congelar um pouco de seu esperma, já que o casal planejava ter mais filhos.

Após vários abortos espontâneos, Christina ficou grávida por fertilização in vitro. Dois anos após receber seu primeiro diagnóstico, Tarek se tornou pai do menino Brayden James.

Após vários abortos espontâneos, Christina ficou grávida por fertilização in vitro. Dois anos após receber seu primeiro diagnóstico, Tarek se tornou pai do menino Brayden James.

O casal está muito feliz de como as coisas terminaram bem e espera que o câncer nunca retorne. Isso realmente vale para mostrar que não é má ideia prestar atenção e relatar sintomas estranhos para o seu médico. Nem sempre se tem essa sorte e o melhor é sempre diagnosticar o câncer logo no início.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *