Em crise no casamento, Preta Gil chora e desabafa com a amiga Ivete Sangalo

foto-pronta

A cantora #Preta Gil passa por um momento de turbulência na relação com seu marido, Rodrigo Godoy.  Segundo o Jornal Extra, Preta teve que desabafar com a amiga Ivete Sangalo sobre a Crise em seu casamento. Na última noite de terça-feira, 18, as duas ficaram por volta de 50 minutos dentro de um carro estacionado no Aeroporto Internacional Tom Jobim, no Rio de Janeiro.

A cantora baiana voltava da participação do programa Música Boa ao Vivo, apresentando pela também cantora Anitta, e sabendo da passagem da amiga pela cidade, Preta resolveu pegar uma carona para conversar e no carro chegou a chorar no ombro de Ivete. Logo após a conversa, a filha de Gilberto Gil se despediu de Ivete e seguiu em direção à Lagoa, na zona sul carioca.

A união de Preta e Rodrigo, realizada em maio do ano passado, foi o casamento do ano de 2015, com muito luxo e muitas celebridades. Com 56 padrinhos, dentre eles o casal global Angélica e Luciano Huck, a cerimônia foi realizada na tradicional Igreja Nossa Senhora do Carmo, antiga Catedral da Sé, no centro do Rio de Janeiro – mesmo local onde a princesa Isabel foi batizada e onde estão os restos mortais de Pedro Álvares Cabral.

A recepção foi na mansão da amiga da família Gil, a empresária Lilibeth Monteiro de Carvalho, em Santa Tereza. Cerca de 700 convidados curtiram a festa de arromba até o dia amanhecer. Preta Gil teve sempre a companhia de famosos por causa do seu pai, o consagrado cantor Gilberto Gil.

A cantora iniciou a sua carreira em 2003, com o álbum  “Prêt-à Porter” . Na época Preta causou, posando nua para a capa do CD. Em 2008, Preta estreou uma turnê chamada Noite Preta e em 2009 ela gravou um DVD, lançado em 2010. Em 2012, ela ganhou um programa no canal a cabo GNT chamado “Vai e Vem”. No mesmo ano, o terceiro álbum de estúdio da cantora foi lançado com o título Sou como Sou. Em 2014, a irmã da nutricionista Bela Gil criou o Bloco da Preta, o terceiro maior bloco do carnaval carioca  que já concentrou 2,5 milhões e meio de pessoas nas ruas.

(Via agencia de noticia)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *