Ela foi toda queimada e se tornou ícone na Guerra do Vietnã. 44 anos depois, ela decide se vingar de todos eles

foto-pronta

Kim Phuc é protagonista da foto mais icônica da história: ela é a menina que aparece correndo, nua e desesperada após ter sido brutalmente queimada durante a Guerra do Vietnã, em 1972.

Naquela época, Kim tinha 9 anos e teve 55% do seu corpo incendiado. Ficou 14 meses internada e precisou passar por 17 cirurgias.

“Minha vontade era ter morrido naquele dia, junto à minha família – disse. Foi difícil carregar todo esse ódio, essa raiva.”

Kim conta que a sede de vingança era tanta que muitos pensamentos ruins passaram pela sua cabeça por um bom tempo. Mas ela percebeu que a melhor vingança seria aquela que juntasse todos os seus bons sentimentos para amar o próximo e fazer o bem. Ela acredita que a guerra deu um propósito a sua vida: ajudar as pessoas.

Kim estudou medicina fundou a Kim Foundation, uma organização que cuida de crianças vítimas de guerra.

O vídeo abaixo é poderoso e impactante. Vale cada minuto do seu tempo. Assista

“Ainda tenho muitas cicatrizes no corpo e uma forte dor quase todos os dias, mas o meu coração se purificou. Não teremos mais guerras se todos aprenderem a conviver com o verdadeiro amor, com a esperança e o perdão. Se isso foi possível com a menina da foto, pergunte-se: será que eu também posso?”.

(Via agencia de noticia)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *