DEPUTADO PAGA 2 MILHÕES PARA QUEM CUIDAR DO SEU ANIMAL BIZARRO, VEJA!

foto-pronta

O deputado CARLOS RAWLINS REUTERS, anunciou na ultima terça-feira em um site pessoal, oferecendo um serviço para interessados em cuidar de um animal estranho que ele tem, e vem cuidando pessoalmente desde de outubro de 2015, porém o dono decidiu juntamente com sua esposa arrumar alguém para cuidar do animal mas já fez vários testes testes com 38 pessoas e até agora não conseguiu nenhum que queira de verdade ocupar o cargo, o que ficou mais tempo cuidando do animal foi 19 dias, até então o Deputado estava oferecendo 150 mil dólares para cuidar do animal, e depois de muito tempo a procura e não obteve ninguém que consiga fazer o trabalho como ele espera, ele decidiu aumentar o valor para 500 mil dólares cerca de 2 milhões de reais.
O animal tem apenas 10 meses e quem deu a luz foi uma cadela a imagem parece ser algo bizarro mais realmente a cadela deu a Luz a esses filhotinhos bizarros, cientistas dizem que é uma misturava com os genes de cachorros com os de humanos, e até o momento não sabe como essa cachorra conseguiu ter filhotes assim, atualmente o animal esta sobre estudos científicos do Pais e não pode ser descuidado nem sacrificado até a conclusão dos estudos, e o dono do animal esta recebendo uma fortuna para pode manter o animal e sua residência, e por sinal esse animal é de um deputado Venezuelano, moradores da região fala que o animal foi vitima de “sexo” com um ser humano e a policia da região estuda as possíveis causas dessas acusações.
Esse animal é faminto por carne humana e das 38 pessoas que cuidava dele nos primeiro dia ocorreram tudo normal mais depois de cinco a oito dias quando ia da banho nele,  ele  atacava brutalmente o adestrador, e é obrigatoriamente quem for cuidar do animal dar banho duas vezes por dia,o ultimo que cuidou do animal foi no mês de janeiro de 2016 no 6° dia de trabalho o animal atacou brutalmente e comeu 68% do braço do cuidador por ter pegado em um dos seus filhotinhos.

foto-pronta

(Via agencia de noticia)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *