Deficiente físico acusado de pedofilia é executado dentro de casa. Vídeo circula nas redes…Veja

foto-pronta

Mais um caso de execução com a suposta intenção de se fazer justiça com as próprias mãos, chama a atenção da polícia na Bahia. Desta vez o assassinato aconteceu na cidade de Simões Filho, que fica a aproximadamente 31 km de Salvador, capital da Bahia.

De acordo com o portal de notícias online do jornal Extra, um cadeirante acusado de #Pedofilia foi executado dentro de sua casa. A execução foi filmada e o vídeo circula pela internet.

Deficiente físico é executado, saibam mais aqui

Eduardo Santos Siva, de 42 anos, foi executado com um tiro no rosto, na última quinta-feira (8). De acordo com as informações que circulam nas redes sociais, Eduardo perdeu um celular que continha fotos de crianças que supostamente eram abusadas sexualmente por ele. Eduardo foiacusado de pedofilia e este teria sido o motivo da execução.

Ainda de acordo com a Polícia Militar, o deficiente físico foi encontrado morto por seus vizinhos, que também relataram que alguns objetos do Eduardo haviam desaparecido, entre eles uma TV. Ele morava no bairro Vida Nova na cidade de Simões Filho.

A 22ª DP, de Simões Filho é a responsável pela #Investigação Criminal e segundo a Polícia Civil os investigadores estavam em campo colhendo mais informações sobre a execução.

Vídeo da execução do deficiente físico circulam pela internet

A execução de Eduardo foi filmada e o vídeo está circulando pela internet. Em um dos trechos do vídeo, provavelmente já sob ameaça, o homem reconhece o crime que cometeu e pede desculpas. “Eu errei. Errei porque me deixei levar pela aparência. Como todo mundo erra, eu errei”, diz o cadeirante.

Toda ação foi filmada por uma segunda pessoa que participou da ação. Em outra parte do vídeo as imagens mostram o momento em que Eduardo é assassinado com um tiro no rosto. As imagens já tiveram milhares de visualizações e compartilhamentos.

Moradores de Simões Filho estão chocados com o desfecho deste suposto caso de pedofilia e principalmente com as imagens que estão sendo amplamente divulgadas.

A polícia continua buscando informações sobre o paradeiro dos homens que cometeram o crime.

(Via agencia de noticia)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *