Confira 5 coisas importantes que acontecem quando você não tem relações

foto-pronta

Nos dias atuais, ter relações sexuais é algo gradativamente comum e frequente em nossas vidas. A prática desse ato, nomeadamente nas pessoas com relacionamentos estáveis, traz vários benefícios à saúde, como um melhor funcionamento do sistema cardíaco, queima de calorias, melhora no humor, aumento da imunidade, dentre diversos outros. Tal ato também tem suas consequências negativas, sendo que a maioria das informações fornecemmaneiras de se prevenir especialmente contra uma gravidez indesejada e contra as doenças sexualmente transmissíveis.

Diante da informação de que a prática do#sexo faz bem à saúde, podemos pressupor que a falta dele pode não fazer bem, e é exatamente isso mesmo que acontece. A falta de relações sexuais, ainda que por poucos dias, já pode trazer efeitos negativos ao seu corpo e ao seu bem-estar. Abaixo, listando e explicamos 6 desses efeitos provocados pela abstinência sexual.

Desejo reduzido

Quando você começar a ter menos relações, irá perceber que o desejo vai diminuindo aos poucos. Isso acontece porque, no ato do sexo, é liberada endorfina, que é o hormônio responsável pelo#prazer, o que consequentemente nos faz bem. Quando você se abstém, esse processo reduz, fazendo com que você tenha cada vez menos vontade de fazer amor. Porém, mesmo depois de algum tempo sem ter #Relações intimas, você poderá voltar a qualquer momento e resgatar todos os seus desejos normalmente.

Aumento do estresse

Uma forte elevação nos níveis de estresse é outra consequência da falta de sexo. isso acontece pelos mesmo motivos do problema acima, que é a falta da liberação dos hormônios relacionados a sensação de prazer e bem-estar.

Inteligência reduzida

Relações íntimas frequentes ajudam a evitar a perda de memória. O ato ajuda ao fortalecimento de uma região do cérebro responsável e de grande importância para a memória de longo prazo. Também melhora a função cognitiva e aumenta a produção de novos neurônios no cérebro.

Enfraquecimento do sistema imunológico

Um estudo, publicado na revista Psychological Reports, comprovou que quem tem relações mais frequentes contem um maior número de produção de IgA, que é um antígeno presente na saliva responsável pelo fortalecimento do sistema imunológico.

Maior probabilidade de disfunção erétil

Disfunção erétil é quando um homem sente dificuldade em manter a ereção para uma relação satisfatória. Um estudo divulgado pelo American Journal of Medicine mostrou que quem tem menos relações íntimas tem uma maior possibilidade de desenvolver essa anormalidade.

(Via agencia de noticia)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *