Alienígena? Ser estranho aparece no RJ e autoridades se espantam

Em praia do Rio de Janeiro, multidão se juntou afim de tentar ver o ser.

foto-pronta

Este feriado foi extremamente especial para quem foi à uma praia do Rio de Janeiro. Na internet, nesta terça-feira, 15 de Novembro, chegaram a surgir boatos de que um alienígena teria descido à terra. O ser foi avistado em Cabo Frio, na Região dos Lagos, no estado do Rio de Janeiro. A situação foi toda flagrada por uma verdadeira multidão, que acompanhou de perto tudo o que ocorria. Muitos sequer conseguiram chegar perto do tal ser. Enquanto outros, aglomeravam-se próximo ao que depois confirmou-se ser um animal aquático, o que de fato deveria ser a opção mais provável desde o início. De acordo com informações do portal de notícias G1, o bicho achado foi “animal marinho albino”. A espécie, no entanto, não foi identificada.

O bicho estava na Praia do Forte e deu um trabalhão para o Corpo de Bombeiros. Os profissionais tomaram bastante cuidado afim de devolvê-lo ao mar, evitando que ele sofresse qualquer dano ou ferimento. Por conta disso, até mesmo uma fita foi colocada para isolar os curiosos, que não eram poucos. Pelo contrário, centenas de pessoas podem ser vistas nessa imagem divulgada em uma rede social. Os banhistas, segundo os próprios bombeiros, poderiam atrapalhar que o “animal marinho albino” conseguisse, por ele mesmo, alcançar às margens da praia.

Segundo Leonardo Sandre, presidente da associação de Guarda Parques do Rio de Janeiro, em entrevista ao portal de notícias G1, o ser aquático teve a necessidade de se arrastar cerca de cento e cinquenta metros pela areia, o que demorou um pouco, já que esse tipo de animal na aria é bem mais lento, diferente do que acontece na água. Além disso, Leonadro, que mesmo acostumado a ver esse tipo de imagem se espantou, fez questão de registrar essa chegada do amigo nas areias do Rio de Janeiro. Ele também teria colocado o material à disposição da imprensa, fazendo com que a notícia curiosa estivesse nos principais portais do país.

Este feriado foi extremamente especial para quem foi à uma praia do Rio de Janeiro. Na internet, nesta terça-feira, 15 de Novembro, chegaram a surgir boatos de que um alienígena teria descido à terra. O ser foi avistado em Cabo Frio, na Região dos Lagos, no estado do Rio de Janeiro. A situação foi toda flagrada por uma verdadeira multidão, que acompanhou de perto tudo o que ocorria. Muitos sequer conseguiram chegar perto do tal ser. Enquanto outros, aglomeravam-se próximo ao que depois confirmou-se ser um animal aquático, o que de fato deveria ser a opção mais provável desde o início. De acordo com informações do portal de notícias G1, o bicho achado foi “animal marinho albino”. A espécie, no entanto, não foi identificada.

O bicho estava na Praia do Forte e deu um trabalhão para o Corpo de Bombeiros. Os profissionais tomaram bastante cuidado afim de devolvê-lo ao mar, evitando que ele sofresse qualquer dano ou ferimento. Por conta disso, até mesmo uma fita foi colocada para isolar os curiosos, que não eram poucos. Pelo contrário, centenas de pessoas podem ser vistas nessa imagem divulgada em uma rede social. Os banhistas, segundo os próprios bombeiros, poderiam atrapalhar que o “animal marinho albino” conseguisse, por ele mesmo, alcançar às margens da praia.

Segundo Leonardo Sandre, presidente da associação de Guarda Parques do Rio de Janeiro, em entrevista ao portal de notícias G1, o ser aquático teve a necessidade de se arrastar cerca de cento e cinquenta metros pela areia, o que demorou um pouco, já que esse tipo de animal na aria é bem mais lento, diferente do que acontece na água. Além disso, Leonadro, que mesmo acostumado a ver esse tipo de imagem se espantou, fez questão de registrar essa chegada do amigo nas areias do Rio de Janeiro. Ele também teria colocado o material à disposição da imprensa, fazendo com que a notícia curiosa estivesse nos principais portais do país.

(Via agencia de noticia)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *