(ALERTA) Esta saudável jovem de 16 anos morreu na praia, de repente. A causa é encontrada em todos os supermercados.

foto pronta

No verão de 2014, Lanna Hamann viajou para o México com seus pais e amigos. Ninguém teria acreditado que as férias deles se desenrolaria como aconteceu.

Um dia, enquanto estava deitada na praia, Lanna sofreu um ataque cardíaco repentino. Todas as tentativas de ressuscitamento e ajuda médica foram em vão. Ela morreu naquela tarde.

A princípio, a morte dela era um mistério total. Lanna era uma menina saudável e feliz, uma atleta que amava ser ativa. Ela era uma boa jogadora de softball e não tinha problemas de saúde. Nada que indicasse que ela morreria desta maneira.

Após ter processado a notícia da morte de sua filha em certo grau, a mãe de Lanna, Kris, foi à público com uma informação chocante: no dia de sua morte, Lanna não havia bebido nenhum gole de água. Ao invés disso, um pouco antes de seu ataque cardíaco fatal, ela havia bebido o energético Red Bull.

O especialista cardíaco Jack Wolfson confirmou o palpite de Kris. Lanna consumia energéticos regularmente. Ela era literalmente viciada neles.

Muita cafeína e açúcar, os ingredientes primários desta popular bebida, podem ser perigosos em altas concentrações, mesmo para pessoas super saudáveis como Lanna. “Há uma evidência médica de que estas coisas fazem mal. Elas podem causar alterações no ritmo cardíaco, e impactar a pressão sanguínea”, disse Wolfson.

Kris diz que a morte trágica de sua filha poderia ter acontecido com qualquer pessoa, em qualquer lugar. Ela espera que a história dela possa ajudar a evitar tragédias semelhantes no futuro.

A morte de Lanna pode trazer algo de positivo: inspirar outras pessoas a cuidarem melhor de seus hábitos alimentares e ingestão de bebidas.

(Via agencia de noticia)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *