A mulher espera sedutoramente por seu próximo admirador. Mas olhe mais de perto e você irá descobrir o que realmente está acontecendo.

foto-pronta

Toda vez que você achar que já viu de tudo, surge algo desse tipo. Prostituição e bordéis são certamente assuntos delicados, mas este bordel japonês leva a a coisa a um outro nível, já que as “funcionárias” não têm pulsação.

Veja, não há nenhuma mulher de carne e osso trabalhando neste bordel, apenas bonecas sexuais hiperrealistas. No Japão, elas são chamadas “Dutch wives” (“Esposas Holandesas”, em português). Elas são feitas com uma mistura extra macia de silicone para dar um toque realista quando forem “usadas”, e têm tamanho natural.

De acordo com um fabricante (e fã) das bonecas, elas são tão realistas que alguns homens nem “precisam” estar com uma mulher real novamente.

Algumas empresas permitem que os compradores personalizem os cabelos e cor dos olhos, assim como tamanho e forma do corpo.

Mas estas bonecas não são baratas: elas custam entre $4.000 – $6.000 (entre R$12.800 – R$19.200) cada uma, incluindo frete internacional. Algumas pessoas não podem arcar com esse luxo, mas elas podem passar o dia no “Bordel da Esposas Holandesas.”

É precisamente como o nome sugere: um bordel onde homens podem alugar as bonecas sexuais. As funcionárias podem realizar quase qualquer desejo estético. Por $45 (por volta de R$145) por 30 minutos, uma pessoa pode alugar um quarto com uma boneca, ver vídeos pornôs, e passar o tempo como quiser.

foto-pronta

A higiene é altíssima prioridade aqui. Então cada boneca é esterelizada depois do uso. Os usuários não precisam se preocupar com a limpeza das genitálias, porque as bonecas são equipadas com partes genitais descartáveis.

Se isso ainda for muita interação humana, existe a opção de alugar a boneca e tê-la entregue diretamente em sua casa.

Uau, realmente parece haver mercado para tudo. Essa é provavelmente a chance para algumas pessoas terem um senso de intimidade e conexão, enquanto outros simplesmente balançam a cabeça discordando.

(Via agencia de noticia)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *